Colunistas

Jacidio, who? | Avicii: Surgem 15 faixas inéditas do início da carreira do produtor

Morte do artista repercutiu entre DJs e colocou luz sobre a extenuante rotina dos artistas
-

Mais uma sexta-feira e não dá pra dizer que nos recuperamos da notícia sobre a morte de Avicii.

Após a notícia do ocorrido, diversos nomes se manifestaram em homenagem a Tim Bergling, sua família divulgou dois comunicados - o segundo um pouco mais sensível (com indícios de que o DJ/produtor possa ter cometido suícidio). Enquanto algumas dúvidas permanecem, sua morte prematura trouxe à baila a discussão sobre a saúde mental e física dos profissionais dessa área que há muito comentam sobre os problemas de longas turnês - alguns grandes nomes, como Avicii, fazem bem mais do que 200 shows por ano -, os dias solitários e todo o efeito que essa rotina de viagens, trabalho e “falta de horas” pode causar. Como parte dos diversos textos versando sobre o tema, o publicado pela Resident Advisor elenca detalhes interessantes sobre os problemas que esse trabalho traz e sobre o fato de como managers e DJs gerenciam suas carreiras e rotinas. É algo pesado e que, mais uma vez, precisa ser repensado principalmente por quem sobre a ação: O DJ.

Ainda, como parte das notícias após a morte de Tim, Neil Jacobson, responsável pelo contato entre o artista e a Geffen Records, afirmou que Avicii estava produzindo algumas de suas melhores músicas em anos. Em entrevista à Variety o profissionail afirmou que Tim “Estava muito inspirado e empolgado”. No entanto, Jacobson comentou que ainda não sabe o que será feito com o projeto. “Eu nunca lidei como uma situação dessas envolvendo um artista que eu trabalhei tão próximo. Então, eu não sei. Nós vamos conversar com a família, vamos todos pensar juntos e fazer o que achamos que Tim gostaria que fizéssemos”.

As músicas inéditas do início de carreira de Avicii

Poucos dias depois da notícia da morte de Avicii, o produtor Starkillers liberou 15 faixas produzidas por ele e Tim entre 2009 e 2010. O disco nunca foi lançado - de acordo com nota da Dancing Astronaut - por causa de problemas contratuais. Como sempre, fica a arte do criador que se vai. Aqui está a lista com as 15 faixas inéditas que mostram um pouco dos caminhos sonoros repletos de elementos do bom e velho house das pistas que encantaram Avicii em seu início de carreira.

Curtir música ao vivo potencializa sincronização de ondas cerebrais

Você sabia que a sincronização das ondas cerebrais é muito maior na presença de música ao vivo? Um estudo conduzido pela neurocientista Jessica Grahn mostra que as ondas cerebrais de quem ouve música sincronizam melhor quando as pessoas estão em um show. Para chegar a esta conclusão a pesquisadora efetuou testes que aferiam como os laços sociais e a sincronia das ondas cerebrais afetam as pessoas quando ouvem música ao vivo ou reproduzida por um equipamento.

Após a comprovação Grahn comentou - de acordo com matéria da Mixmag - “Quando as ondas cerebrais foram sincronizadas na situação de música ao vivo, elas sincronizaram em torno da taxa na qual as pessoas costumam sentir a batida da música. Chamamos isso de ‘banda delta’. Isso parece ser o mais alto na condição ao vivo. Isso indica que as pessoas sentem mais prazer ao ouvir a música em uma performance ao vivo, bem como mais prazer quando experimentam isso como parte de um grupo”.

Com esses dados, e após pesquisas sobre o movimento do corpo a pesquisa também abriu uma hipótese para justificar o porquê da música evoluir no decorrer dos anos:

“Existem evidências de que a música evoluiu, pois ela permite que grandes grupos de pessoas possam sincronizar seus movimentos. Quando pessoas se movem juntas, existem evidências de que eles sintam como pertencentes a uma comunidade e também mais altruístas”.

O estudo pode ser lido na íntegra (em inglês) aqui.

ZHU lança parte de seu disco, Ringos Desert Pt.1, e mostra toda sua sensualidade sonora

ZHU, possivelmente, é um dos produtores de música eletrônica com maior controle sobre como sua obra é lançada e como o público o enxerga. Desde seu primeiro álbum, GENERATIONWHY (2016), sua música carrega assinatura e alimenta os limites de como a música de pista também pode ser sexy. Com isso em destaque, o sino-americano liberou esta semana o EP Ringos Desert Pt.1, composto por 7 faixas capazes de conduzir o ouvinte por todos os principais elementos de sua sonoridade: Sintetizadores, guitarras e vocais marcantes. Em conjunto com o disco, o produtor também aproveitou para divulgar a turnê do projeto - com um vídeo que também precisa ser visto -. A turnê que tem o nome de Duna deve contar com 2.5 toneladas de areia nos shows. É a experiência pensada do começo ao fim. Abaixo o vídeo da nova turnê e o novo projeto. Esse é pra colocar o fone e deixar acontecer.

 

Lançamentos e descobertas da semana

Alpha 9, o alias Trance de Arty, não tem desapontado com seus releases este ano. O russo, após um tempo distante das sonoridades melódicas, liberou recentemente a bela “All We Need”. Música para deixar fluir pelos ouvidos e sensações.

Mantendo a mesma pegada, outro destaque do Trance, KhoMha liberou a faixa final de seu EP Elementos. O colombiano disponibilizou “Terra” e encerrou a sequência de lançamentos com opções melódicas, mas sem deixar o peso para trás.

Os argentinos do Chancha Via Circuito liberaram nesta semana a faixa “Ilaló”. A nova música compõe o quarto álbum do trio, Bienaventuranza, que chega às plataformas digitais no dia 8 de junho. O novo disco irá contar com 12 faixas e mantém os traços originais do projeto conhecido por misturar cumbia com música eletrônica. Dê o play para entrar nessa experiência.

Bicep, lança EP., mas o vídeo é a produção mais louca que você vai ver

O duo irlandês Bicep liberou recentemente o EP Rain. Composto por três faixas; “Rain” (em sua versão completa e edit) que já fazia parte do disco lançado pelo projeto em 2017, mais “Helix”. No entanto, as faixas não são o grande destaque do trabalho, já que o EP veio acompanhado de um vídeo dirigido e criado por Luke Wyatt, AKA Torn Hawk, artista experimental que mistura recortes de filmes mais imagens em baixa definição para entregar um dos projetos mais desafiadores dos últimos tempos. Assistir em tela cheia é uma boa pedida e já fica aqui a dica, caso você se impressione muito com cenas visualmente mais fortes, talvez seja legal deixar pra outro dia.

Set da semana - Lane 8 estreia no Essential Mix e entrega um punhado de novas músicas

Lane 8, que recentemente lançou o álbum Little By Little, fez sua estreia no BBC Radio 1 Essential Mix. O norte-americano além de elencar algumas de suas melhores faixas e também sonoridades que fazem parte de suas influências, também aproveitou para tocar várias músicas inéditas. O DJ/produtor conhecido por viagens musicais etéreas, entrega o som perfeito para desacelerar. Atualmente, ele está no meio da turnê de divulgação de seu último projeto com shows nos quais não são permitidos câmeras ou celulares, tudo para “garantir aos fãs que eles possam se conectar uns com os outros e com a música da forma mais pura possível”. E, sem dúvida, com a música de Lane 8 isso é realmente possível. Dê o play e siga sem pressa.

Vamos dançar onde?

Enfim, um final de semana calmo se aproxima. Nesta sexta (27) a festa fica por conta da apresentação do Teto Preto no Sesc Pompeia. O projeto residente da Mamba Negra, apresenta uma versão mais contida e conta com CARNEøƨƨø_ (voz / pedais/ corpo), Zopelar (synths / drummachines), Savio de Queiroz (synths / drummachines), William Sprocati Tocalino (percussão / trombone), Loïc Koutana (corpo).  O rolê começa às 21h30 e tudo que você precisa saber está aqui.

No sábado (28) acontece o 2º showcase do Red Bull Music Pulso. O evento começa às 17h e encerra as atividades 2018 com o trabalho desenvolvido pelos participantes da edição. É, sem dúvida, uma daqueles dias pra ouvir coisa nova e expandir as possibilidades musicais. A entrada é gratuita, mas o evento está sujeito a lotação - tudo que você precisa saber está aqui.

Aproveitando o embalo, sábado também é o último dia da exposição Recosynth que apresenta alguns dos sintetizadores criados pelo brasileiro Arthur Joly. Oportunidade única para conhecer um pouco mais sobre esse trabalho pioneiro. A entrada é franca e mais detalhes estão aqui.

Fechando o dia, o núcleo Selvagem entrega mais uma daquelas festas para quem gosta de se acabar na pista. Selvagem convida Ron Morelli (LIES), rola no Canindé e além da dupla residente/criadora, Milos Kaiser e Trepanado, também conta com o B2B de Cashu x Valesushi e Ron Morelli, do selo LIES - tudo que você precisa saber está aqui.

Mais uma vez, por hoje é só. Um final de semana compacto e ideal pra quem gosta de chegar nos lugares para dançar sem medo. Aproveitem  - ainda rola feriado na terça :) - e voltamos na semana que vem

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus